6 de fevereiro de 2012

Quando a dúvida aparece.. a presença de Deus manifesta-se!...


Na reunião do dia 28 de Janeiro, a Vanessa quis partilhar connosco a sua experiência de vida, voluntariando-se para preparar esta reunião.

Entrámos na sala em ambiente escuro, e na mesa estavam velas, espelhos e imagens, mas mais do que isso, as palavras intrigantes "Deus não existe"... O quê??! (dirão vocês) Sim, sim, leram bem, a frase era mesmo essa!... mas não se assustem, para perceberem têm que continuar a ler :)
E nós depressa percebemos que o que a Vanessa queria partilhar na verdade era o relato de uma altura de descrença em determinada altura da sua vida, em que não acreditava nem no amor nem em Deus, nem em nada. Uma altura em que nada fazia sentido, onde só havia dúvidas e o vazio... Aliás, momentos por que qualquer jovem passa, em determinada altura da sua vida, não é verdade? Ou não fosse a juventude por si só uma fase de dúvidas e incertezas... E com isto, várias outras partilhas surgiram, de pessoas do grupo que sentiram o mesmo em determinado momento da vida, de pessoas que sentem familiares distantes de Deus e com essas mesmas dúvidas...

Mas foi então que a Vanessa nos revelou como conseguiu ultrapassar esta fase. Falou-nos numa frase que uma catequista uma vez lhe pronunciou:
"Quando saírem desta sala, vão pelo caminho e sintam o vento, sintam a brisa, contemplem a natureza, as flores, a beleza dos pássaros no céu... aí, encontrarão Deus".
E a realidade é mesmo essa: podemos sentir Deus sim, podemos ver Deus sim... Porque até o amor se consegue sentir e ver: num carinho, num abraço, num olhar, num beijo, num toque... Porque Deus é tudo aquilo que nos rodeia, e ainda aquilo que somos. Tudo foi criado pela Sua vontade e pelas Suas mãos, tudo foi pensado e desejado.
Ele está nas flores, nos animais, no mar, nos céus, está em ti e em mim... Porque todos somos um pedacinho d'Ele, todos carregamos em nós um pedacinho d'Ele, e todos somos fruto do seu Amor...
Não procures Deus nos céus. Ele está bem mais perto do que imaginas!

Lembra-te: "Tu és perfeito, Deus não comete erros!"

0 comentários:

Publicar um comentário