23 de novembro de 2011

A-Cor-Dar para a Vida!


No último Sábado, a reunião esteve por conta da Solange, da Cris e do João!
O que seria que eles nos tinham preparado? Porque é que eles estariam fechados na sala, sem nos deixar entrar? O suspense era grande, mas finalmente a porta abriu... de luzes apagadas, velas acesas e projector ligado, pudemos finalmente descobrir o tema da reunião: "A-cor-dar para a vida".
Começámos então por escrever num papelinho que nos distribuíram, qual ou quais eram os nossos mestres: quais eram as pessoas, coisas ou seres que nos tinham ensinado alguma coisa na nossa vida, quem é que nos tinha dado um ensinamento especial, quem é que nos servia de exemplo ou nos ajudou muito a crescer... Depois, foi tempo de partilhar com todos os "mestres" que tinham escrito e a razão porque os consideravam mestres. Várias foram as respostas, desde família, amigos próximos, colegas de turma, grupos de praxe, catequistas, momentos do Itinerário Espiritual, etc... Todos disseram as razões porque consideravam que esses mestres eram ou não um exemplo a seguir ou tinham ou não ensinamentos a dar, uma vez que foram mencionados mestres de "o que não fazer e o que não ser" também.Tudo nos ensinava alguma coisa importante na vida!
Depois do diálogo, leram-nos uma história sobre um senhor que contava que tinha aprendido as coisas mais importantes da vida através daquelas que mais vezes desprezávamos/ ignorávamos: um ladrão (cheio de fé e optimismo por dias melhores), um cão (corajoso o suficiente para enfrentar os seus medos) e uma criança, que embora fosse muito nova, soube mostrar que apesar da presença de Deus por vezes não ser sentida por nós, isso não quer dizer que Ele não esteja presente. Ao reflectirmos sobre a história e sobre o Power Point que nos mostraram, reparámos que muitas vezes as maiores aprendizagens da vida se fazem através das coisas mais pequenas e estão onde menos esperamos. Que é necessário ACORDARMOS para Vida... para os outros, para o que nos rodeia. Que muitas vezes passamos ao lado das coisas, vivendo num mundo cinzento.
Todos devemos acordar, e a-cor-dar significa "dar cor à vida". É necessário cada um de nós abrir os olhos aos outros e a Ele, é necessário começar a colorir os nosso caminhos, as nossas escolhas, e a vida dos que nos rodeiam. É necessário saber tirar das coisas que para nós até podem ser as mais insignificantes, o seu devido valor. É necessário agir, amar, acordar... e colorir! :)

Depois de cantarmos e terminada a reunião, falámos um pouco sobre a nossa actividade do Acampadentro e sobre a estrutura que queremos dar à actividade, vendo propostas de jogos, dinâmicas e esquemas que podíamos utilizar.
"E o que é isso do Acampadentro?" - (deves-te estar a perguntar) Pois bem, é uma actividade destinada aos catequizandos do 10º ao 12º ano, e que se vai realizar no fim-de-semana de 21 e 22 de Janeiro! Os pormenores ainda estão fechados a 7 chaves, mas uma coisa é certa: a diversão, boa disposição e o companheirismo são GARANTIDOS!
Fiquem atentos às próximas novidades ;)

Até ao próximo Sábado!

0 comentários:

Publicar um comentário