1 de dezembro de 2010

Deus me criou assim: único!



No passado dia 20, a reunião do grupo gerou-se à volta de um "presente" surpresa, numa tentativa de mostrar a todos o quão especial cada um de nós é.
Ao chegar à sala, deparámos-nos com um enorme embrulho e alguns envelopes. Este embrulho e o envelope nº1 foi então entregue a uma pessoa com a característica "Alegre", dando início ao jogo. Esta pessoa, teve então que abrir o envelope e ler o texto que explicava as vantagens de ser alegre e de que forma os outros encontravam nela essa característica. No final do texto, era sugerido que essa pessoa entregasse a prenda e o envelope nº2 a uma pessoa "Tímida", e lhe explicasse porque a considerava assim. Esta abriu o envelope que falava sobre o lado bom da timidez, e no final também ela tinha que entregar a prenda e o próximo envelope a uma pessoa com uma outra característica. E assim por adiante.
No final, e porque nem todos os elementos do grupo puderam estar presentes, o resultado foi o seguinte:

Alegre - Rafael; Tímida - Vanessa; Perseverante - Rita; Empenhada - Sara; Compreensiva - Linda; Sensível - Cátia; Sincera - Eunice; Cooperativa - Sofia; Comunicativa - Verónica; Optimista - Rafael; Decidida - Sara; Generosa - Alice

No final, a pessoa com a característica da generosidade abriu e partilhou a prenda com todos. De dentro da caixa surgiu um pequeno texto que contava a história do Jardim do Reino e de um pequeno amor-perfeito que, no meio de tantas árvores que não gostavam de ser o que eram, vivia ao contrário dos outros bem consigo próprio. Aceitava-se como era, não desejava ser outro tipo de flor qualquer... E porquê? Simplesmente porque Deus o fez assim. E se Ele quisesse criar uma rosa em vez de um amor-perfeito, então teria-lo feito. Mas Deus fê-lo um amor-perfeito.
E a pequena florzinha percebeu que se Deus QUIS que ela fosse um amor-perfeito, então a única forma de agradecimento que ela poderia dar era "ser o melhor amor-perfeito que conseguir".
Um texto, sem dúvida, para reflectir... Assim como o texto que depois foi entregue a cada um e que fazia parte de um diploma, juntamente com uma foto de cada um. Um texto que falava sobre como cada um é especial...
Para finalizar, cada elemento do grupo escreveu nos diplomas dos outros características positivas da sua personalidade, de modo a reforçar este sentido de ser especial porque Deus me quis e criou assim. E sabes qual é a melhor prenda que podes dar a Deus?
"Dar e ser o melhor de ti em cada dia e em cada hora da tua vida!"  :)

0 comentários:

Publicar um comentário